ღ SEGUIDORES ღ

Plantas suculentas são belas em suas variedades de tamanhos, formatos, texturas e cores. O pouco que entendo sobre elas, são de informações que pesquisei. Assim como os nomes e classificações. Já perdi algumas e continuo uma aprendiz, pois parte da experiência, são com as próprias plantas. Tanto as Suculentas como as Folhagens ornamentais tem suas preferências. Cada uma delas ensina: local preferido, ventilação, quantidade de regas, luminosidade adequada, horas expostas ao Sol, temperatura ambiente, solo adequado, boa drenagem e, assim todo cuidado específico com cada uma delas deixa o seu jardim, sua casa um ambiente agradável, uma energia que propõe bela harmonia com a natureza.
ღO AMBIENTE COM VERDE DÁ MAIS VIDA E ENCANTA...POIS VERDE É TUDO DE BOM!

12 de dez de 2009

Pothos pinnata (Araceae)


Olá, aqui estou novamente postando minhas plantas.
No momento, continuam sendo folhagens ornamentais. Esta folhagem ganhei de uma japonesa que, trabalha na mesma firma. Ela sabe que adoro plantas. Ganhei uma pequenina mudinha e, se desenvolve bem, e ao perguntar o nome, e ela disse ser potos. Como queria saber mais, dei uma pesquisada e assim descobri que, o nome é Pothos pinnata. O nome científico é Epipremnum aureumseu nome popular no Brasil é Jibóia. Cultivada em pleno sol ou meia sombra e rega moderada. Alguém tem esta planta? Dicas são bem vindas.
Deixo aproveitar para deixar uma informação. Já me perguntaram à respeito de Bonsais e, como não entendo sobre o assunto, fui pesquisar. Encontrei um blog excelente, sobre Bonsais. Para quem aprecia, visitem este blog, achei interessante, pela vasta informação à respeito.
Mundo Bonsai  http://bonsaistas.blogspot.com/
 Abraços e boas vibrações a todos.
Pothos pinnata (Araceae)
Pothos - A planta com muitos nomes
Este fácil de cultivar casa e escritório planta teve e ainda tem vários nomes, tanto científicos e comuns, o que pode tornar difícil a identificação pelo nome. De vista que as coisas são bem diferentes, pelas folhas com seu hábito óbvio e em mostrar marcas distintas Epipremnum aureus ou Pothos tem tantos nomes diferentes, que pode ser difícil de identificar pelo nome sozinho mas que se torna uma planta de interior facilmente reconhecível. 
Ele costumava ser conhecido cientificamente como Scindapsus aureau ou Phaphidophora aureu. Em grande parte da Europa tende a ser conhecido como Scindapsus aureus, nos Estados Unidos e Canadá, Epipremnum pinnatum. O botânico vai chamá-lo Epipremnum aureus. Os nomes comuns que passa são tão variadas, nativo australiano Monstera, Ivy do Diabo, Dourado Pothos, Ivy Arum, prata Vine e Taro Vine, para citar apenas alguns. Assim, em nossas páginas para manter as coisas simples, vamos usar o seu atual nome científico, Epipremnum aureus e nome comum mais popular, Pothos.
A boa notícia é que existem apenas dois realmente cultivares de Epipremnum aureum cultivadas como plantas da casa. O mais popular é Aureum, esta é uma planta variegada em tons verde e levemente mostarda que é o mais tolerante e adaptável dos dois. Sendo bastante resistente e tendo pouca luz e rega irregular por algum tempo, ele também tem outra característica especial; ao contrário de quase todas as outras plantas variegadas se você colocar Pothos em condições de baixa luminosidade ainda detém bem sobre a sua variegação. Outra vantagem é que o Dr. Wolverton classifica-o como uma das melhores plantas da casa para limpar o ar.
Fonte: http://www.ourhouseplants.com/plants/pothos

Epipremnum aureum é uma espécie de planta de florescência na família Araceae, nativa em Mo'orea, Polinésia Francesa. As espécies tornaram-se naturalizadas em florestas tropicais e sub-tropicais em todo o mundo, expandem do Norte da Austrália através sudeste da Ásia, Índia, Paquistão e, ao longo do Hawaii e Índias Ocidentais. A planta tem uma infinidade de nomes comuns, incluindo hera do diabo, pothos douradas, robe de caçador, hera arum, planta de dinheiro, videira prata, Solomon Islands hera e taro videira. Às vezes, é erroneamente rotulado como um Philodendron em lojas de plantas.
Sinônimos
Epipremnum mooreense 
Nadeaud de 1899
Pothos aureus 
Linden & André, 1880
Rhaphidophora aurea 
(Linden & André) Birdsey de 1963
Scindapsus aureus 
(Linden & André) Engl. , 1908
Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Epipremnum_aureum
Saber Viver
Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura...
Enquanto durar
(Cora Coralina)

7 comentários:

  1. Oi, Sol ! Cá estou de novo e de novo e de novo... Lindo poema de Cora Coralina.
    Adorei sua Pinnata, Scindapsus Pinnatus, ou "Jibóia".
    Já tive uma jibóia, e só faz bem para os olhos.
    Aliás, seu jardim vem ficando bem diversificado.
    Muito lindo mesmo.
    Ah! Adorei sua dica. Fui lá no boisaistas.blogspot e achei formidável.
    Não sabia que existiam tantas variedades de pinheiros, ou melhor, "Coníferas". Peguei algumas dicas, tais como: devem ser colocados ao ar livre, o clima ideal é seco e úmido, não gostam de solo encharcado, possuem um fungo chamado Mycorrhizas, a poda deve ser feita no inverno, dentre outras.
    Queria tanto ter um bonsai... Disseram que este pinheiro é sinônimo de sabedoria, e longevidade, e quem o tiver, e saber tratá-lo, haverá de receber muitas bençãos, inclusive, sorte e longevidade.
    Estou seguindo o blog que você indicou.
    Meu ideal é poder ter de novo, um jardim bem tratado, com variedades de flores, e folhagens, mas tenho que aprender, senão, coitadinha das plantinhas...
    Mas quando me proponho a fazer algo, me empenho ao máximo.
    Seria muito bom até para minha mãe, que se encontra adoentada, se recuperando de um AVC que a deixou com algumas sequelas.
    Mas logo terei o prazer de fotografar os vasinhos de plantas e flores, bem modestas, mas que serão tratadas com carinho.
    Tomara que o bonsai aguente este clima tropical, mas como o tempo se encontra instável, maluco mesmo, talvez o bonsai não sinta tanto calor.
    Estou prestes a entrar de férias. E aí, mãos à obra...

    Muito obrigada Sol.

    Você é uma amiga muito iluminada.

    Muitos beijos no seu coração e alma pura.

    ResponderExcluir
  2. Oi Sol, desculpe a demora em te responder mas passei por uma fase de silencio mesmo, sem mta motivaçao para escrever ou fazer contatos.
    Quero te agradecer mais uma vez a lembrança e o carinho, tenha um ótimo domingo.
    Um grande beijo,
    Sandra.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia querida Sol!
    Linda poesia de Cora Coralina.
    bjs no coração

    ResponderExcluir
  4. Oi Sol, não sei se tem a pesquisa mas busca alguma coisa na enciclopédia virtual http://pt.wikipedia.org/wiki acho que é assim, em todo o caso, está nos meus sites aqui no meu blog.
    Ali tem de quase tudo.
    Beijão!
    Bom domingo, Mauro

    ResponderExcluir
  5. Sol.
    linda essa gibóia, eu não tenho, mas já vi em vários lugares(casas)...é uma planta muito bonita, vai subindo e se esticando e ficando cada dia mais linda.
    Cora Coralina, tem poemas maravilhos.
    e vamos vivendo a vida intensamente, enquanto ela durar...independente de tempo

    beijo de luz

    ResponderExcluir
  6. Salve!
    Muito obrigada pela visita e por seu comentário. Hoje a conexão está dando uma colher de chá, , estou conseguindo abrir alguns blogs menos carregado e deixar o meu profundo agradecimento - é muito bom poder contar com você. Aos pouquinhos eu vou dando conta de tantos amigos, de tantos comentários e de tantas leituras interessantes que aparece. Divulgar esse imenso país com suas belezas naturais e multiplicidades culturais é a minha verdadeira intenção, afinal ninguém pode amar aquilo que não conhece, não é verdade ? Eu me apaixonei pelo Brasil aos 12 anos de idade quando li Ariano Suassuna em "O Auto da Compadecida" - Chicó foi o meu primeiro amor..Penso que falta ao povo brasileiro é esse sentimento de pertencimento, de vontade de preservar o seu espaço lutando por um mundo cada vez melhor. Vemos tantas coisas na TV, escandalos de dinheiro em cueca, em bolsas, em malas e até na meia. Se essa raça de políticos amassem o Brasil e seu povo, isso não aconteceria. Com certeza que não. Porque eles só estão pensando neles próprios, dane-se quem vem atrás : farinha pouca, meu pirão primeiro, é o pensamento de quem não tem esse sentimento de pertencimento por uma nação tão linda, tão especial. Sim, porque aqui ainda é o melhor lugar para se morar. Por isso faço questão de divulgar a nossa cultura, o nosso povo, quem sabe um dia a ficha cai...Pode até ser uma ideologia, mas acredito que o melhor caminho seja a educação, o conhecimento.
    Só sei que a coisa me parece estar dando certo, porque até já andei conhecendo alguns blogs iguais aos meus, a cópia é tão grande que até o layout e o corpo de letras são iguais - assim ninguém merece...
    Que a Paz e o Bem estejam sempre com você e mais uma vez muito obrigada pelo seu carinho para com o meu trabalho.
    Um grande abraço,
    Silvana Nunes.'.
    Saudações Florestais !
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER...
    http://www.silnunesprof.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi sol desculpe-me a demora . O poema é riquíssimo da Cora Coralina. Amei! Qto a essa planta eu tenho sim e tirei até uma foto da estante pra te enviar,mas, não vi seu e'mail aqui. Enfim, essa planta vai bem na água e na gelatina tb.Tenho a anos. Não gosta de ficar fora, gosta de claridade + não de sol. bjão

    ResponderExcluir

ღ Obrigada pela visita. Seja sempre bem vindo. ღ Solღ

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...