ღ SEGUIDORES ღ

Plantas suculentas são belas em suas variedades de tamanhos, formatos, texturas e cores. O pouco que entendo sobre elas, são de informações que pesquisei. Assim como os nomes e classificações. Já perdi algumas e continuo uma aprendiz, pois parte da experiência, são com as próprias plantas. Tanto as Suculentas como as Folhagens ornamentais tem suas preferências. Cada uma delas ensina: local preferido, ventilação, quantidade de regas, luminosidade adequada, horas expostas ao Sol, temperatura ambiente, solo adequado, boa drenagem e, assim todo cuidado específico com cada uma delas deixa o seu jardim, sua casa um ambiente agradável, uma energia que propõe bela harmonia com a natureza.
ღO AMBIENTE COM VERDE DÁ MAIS VIDA E ENCANTA...POIS VERDE É TUDO DE BOM!

6 de nov de 2009

Philodendron 'Silver metallic' (Araceae) foto2

 FOLHAGENS ORNAMENTAIS ღ
Philodendron 'Silver metallic' (Araceae)
Olá, hoje vou mostrar como uma das minhas preferidas folhagens, se desenvolveu bem. A foto menor mostra, quando comprei esta Philodendro. Creio que foi em Janeiro deste ano, na época que iniciava este lazer. Comprei as suculentas em maior quantidade e as folhagens bem menos. Ontem tive a oportunidade de tirar a foto, pois o dia estava ensolarado. Prefiro tirar fotos de minhas plantas, fora de casa. Dentro de casa quando bate o sol, dependendo fica bom, mas lá fora o resultado é bem melhor. É o terceiro vaso, em que replantei, o segundo foi num vaso rosa, quando postei pela primeira vez. Foi necessário colocar uma armação para apoiá-la, para não tombar, pois cresce bem e, continua crescendo. Se o talo fosse maleável teria como ajeitar mas é bem duro só vai para cima. Mas é a natureza, ela se move na própria direção. Será que alguém, tem essa espécie de folhagem?
 Um ótimo e alegre fim de semana. Com carinho, Sol


Philodendron é um grande gênero de plantas com flores da família Araceae, composta por cerca de 900 espécies de acordo com Tropicos http://www.tropicos.org/ (a serviço do jardim botânico de Missouri) Outras fontes citam números diferentes de espécies: SJ Mayo relatórios sobre 350-400 espécies formalmente reconhecida, enquanto Thomas croata lista cerca de 700. Independentemente do número de espécies, o gênero é o segundo maior membro da família Arum. Taxonomicamente o gênero Philodendron ainda é pouco conhecida, com muitas espécies não descritas. Muitos são cultivadas como plantas ornamentais e de interior. O nome deriva do grego das palavras philo "amor" e dendron "árvore". Eles são comumente chamados pelo seu nome genérico. 
Folhas 
As folhas são geralmente grandes e imponente, muitas vezes lobadas ou profundamente cortados, e pode ser mais ou menos pinadas. Eles também podem ser de forma oval, em forma de lança, ou em muitas outras variações das formas possíveis. As folhas são suportados rotativamente na haste. Uma qualidade de Filodendros interessante é que eles não têm um único tipo de folha da mesma planta. Em vez disso, eles têm as folhas jovens e as folhas adultos, o que pode ser drasticamente diferente um do outro. 
As folhas das plântulas Philodendrons são geralmente em forma de coração. Logo no início da vida da planta, mas depois que ele amadureceu passado a fase de mudas, as folhas terão adquirido forma e tamanho da folha típica juvenil. Mais tarde na vida do Philodendro, ele começa a produzir folhas adultas, um processo chamado metamorfose. A maioria dos Philodendrons passam por metamorfose gradual; não há uma imediatamente diferença distinta entre folhas jovens e adultos. Além de ser tipicamente muito maior do que as folhas juvenis, a forma de folhas adultas podem ser significativamente diferentes. De fato, considerável dificuldade taxonômica ocorreu no passado, devido a essas diferenças, fazendo com que plantas jovens e adultas para equivocadamente ser classificados como espécies diferentes. O desencadeio para a transformação em folhas adultas podem variar consideravelmente. Um desencadeio é possível a altura da planta. Hemiepífitas secundárias começar no chão da floresta escura e escalar o seu caminho até uma árvore, exibindo seu tipo juvenil deixa ao longo do caminho. Uma vez que alcançam uma altura suficiente, eles começam a desenvolver folhas tipo adulto. As folhas jovens menores são usados ​​para o chão da floresta escura, onde a luz é uma oferta escassa, mas uma vez que alcançam uma altura suficiente no dossel da luz é brilhante o suficiente para que as folhas adultas maiores podem servir a um propósito útil. Outro possível desencadeio ocorre em hemiepífitas primários. Estes Philodendrons tipicamente enviam suas raízes aéreas para baixo. Uma vez que suas raízes atingem o chão, a planta começará a receber os nutrientes do solo, da qual tinha sido previamente privados. Como resultado, a planta vai se transformar rapidamente em suas folhas adultas e ganhar em tamanho dramaticamente. Outra qualidade interessante de folhas Philodendrons é que eles são muitas vezes bastante diferentes na forma e tamanho, mesmo entre duas plantas da mesma espécie. Como resultado de todas estas diferentes formas de folha possíveis, muitas vezes é difícil diferenciar as variações naturais de morfogênese .
Classificação 
História 

Philodendrons são conhecidos por terem sido recolhidos na natureza, já em 1644 por Georg Marcgrave, mas a primeira tentativa científica parcialmente bem-sucedida para recolher e classificar o gênero foi feito por Charles Plumier. Coletadas por Plumier cerca de seis espécies das ilhas de Martinica, Hispaniola  e St. Thomas. Desde então, muitas tentativas de exploração foram feitas para coletar novas espécies por outras pessoas. Tais como as de NJ Jacquin, que recolheu novas espécies no West Indie, Colômbia e Venezuela. Neste momento da história, foram descobrindo que os nomes dos Philodendrons estavam sendo publicados com o nome do gênero Arum, já que a maioria Aroids foram considerados como pertencentes a este mesmo gênero. O gênero Philodendron ainda não tinha sido criado. Durante o período do final do século 17, século 18, e início do século 19, muitas plantas foram removidas do gênero Arum e colocado em gêneros recém-criados em uma tentativa de melhorar a classificação. Heinrich Wilhelm Schott abordou o problema de proporcionar uma melhor taxonomia e criou o gênero Philodendron e descreveu-o em 1829.  O gênero foi escrito pela primeira vez como 'Philodendrum', mas em 1832, Schott publicou um sistema de classificação de plantas da família Araceae intitulado Meletemata Botanica em que ele forneceu um método de classificação Philodendrons com base nas características de floração. Em 1856, Schott publicou uma revisão de sua obra anterior intitulada Aroidearum Sinopse, e depois publicou o seu trabalho final Prodromus Systematis Aroidearum em 1860, em que ele forneceu ainda mais detalhes sobre a classificação de Philodendron e descrito 135 espécies. 
Classificação Moderna
Philodendron são geralmente extremamente distintivo e não geralmente confundida com outros gêneros, embora algumas exceções nos gêneros Anthurium e Homalomena assemelhar a Philodendron
O gênero Philodendron é subdividido em três subgrupos:. Meconostigma, Pteromischum e Philodendron 
O gênero Philodendron também pode ser subdividida em várias seções e subseções. Seção Baursia, seção Philopsammos, seção Calostigma (subseções Bulaoana, Eucardium, Glossophyllum, Macrobelium e Oligocarpidium ), seção Tritomophyllum, seção Schizophyllum, seção Polytomium, seção Macrogynium e seção Camptogynium. 
Tipicamente, a inflorescência é de grande importância na determinação das espécies de uma dada Philodendro, uma vez que tende a ser menos variáveis ​​do que as folhas. O gênero Philodendron poderia ainda ser classificados por meio de diferenciá-los com base no padrão de termogênese observado, embora este não é utilizado atualmente.
Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Philodendron

“O mais importante da vida não é a situação em que estamos, 
mas a direção para a qual nos movemos.” (Oliver W. Holmes)

14 comentários:

  1. Eu já tive essa folhagem sim, é linda demais. Agora só tenho uma estante com vasinhos de gelatina. Mudo muito de casa e as plantas sofrem. Passei pra te desejar um excelente final de semana, com certeza semana que vem já virei blogar como vovó.Estou feliz e anciosa. rs..bjão

    ResponderExcluir
  2. Que legal, olha o tamanho dela!! Tá linda!! bjinhoss

    ResponderExcluir
  3. Oi querida Sol ,espero que estejas bem!
    A minha mãe tinha uma planta dessa no jardim de casa, eu lembro vagamente,afinal a minha mãe amava plantas...rs
    Agora algo pessoal
    Quero agradecer a suas doces palavras lá no meu cantinho
    Voce não sabe como suas palavras foram tão precisas,pra mim nesse exato momento.
    São pessoas como vc que ainda me mantem viva e lutando para vencer esse obstaculo o qual eu enfrento agradeço a Deus por ele me fazer
    conhecer pessoas como vc tão especial que não existe palavras que eu conheça que resuma vc!
    Otimo final semana
    Abençoado e repleto de muita luz a ti guria
    bjs
    Soll

    ResponderExcluir
  4. Obrigada por sua gentil visita e por palavras tão carinhosas a cerca de meu trabalho.
    Voltarei sempre que a minha conexão me permitir abrir as páginas (rs).
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja um bom fibal de semana.
    Saudações Florestais !

    ResponderExcluir
  5. Oi Sol, ai que linda sua folhagem , eu não conheço, não será uma trepadeira já que cresce só pra cima ???
    Adorei seus recadinhossss. Ontem recebi a visita de uma amiga gaucha que mora em Minas , foi uma tarde muito agradavel. e vc quando vem ao Brasil pra gente se conhecer???
    Bjs e bom fds

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, Elaine, Silvana, Soll, Silvana, Leila.
    À noitinha, quando voltar estarei visitando,cada cantinho. Beijos

    ResponderExcluir
  7. Sol.
    já estou bem, e voltando...
    achei linda está sua folhagem, confesso que não tenho e nem a conhecia, ao menos não reconheci pela foto,,,
    tuas plantas estão crescendo bem, isto prova tua dedicação para com elas, pois sem isso elas definitivamente não crescem direito
    um abraço
    Rosan

    ResponderExcluir
  8. Minha florzinha chamada Sol!
    Também não conheço esta folhagem. Mas esta sua atitude de deixá-las seguir, é o que penso.
    E assim somos nós, seguindo na direção que somos guiadas pela luz seremos nós mesmos,mais conscientes.
    Amiga, moro no RJ capital que é quente. E tenho um sítio na região serrana que é frio. Era quase sem árvores e eu e meu merido reflorestamos. Com isso muitas plantas vão ficando altas à procurar o sol.
    levei daqui para lá algumas e não se deram bem no frio. Aprendi a reconhecer onde querem ficar. São muitos "geniosas", mandam em mim rsrss
    Sua planta só podia ficar assim linda pois tem Vc - O SOL - a iluminá-la!E sua energia positiva (isso conta, sabia!)

    Amadaaaa, obrigada por me visitar no primeiro post do Memórias. Ai...fiquei emocionada, muitoooo! beijo teu coração, lindaaa!
    Amei tanto que vou repostá-lo.
    Obrigada querida!

    ResponderExcluir
  9. Olá Sol!

    Que linda florzinha, e mais ainda o seu carinho por ela.

    Um grande beijo e um domingo cheinho de alegrias

    ResponderExcluir
  10. Oie! Menina, lembro que eu tinha vários vasos dela e que as pessoas levavam as mudas, faz tanto tempo que não lembro se crescem tanto,mas, creio que ela segue o tamanho do vaso pra se expandir. Qto ao outro comentário, não uso o moderador e não achei, meu pc é hiper lento e procurei em alguns. Voc~e lembra em qual foi pra eu ver? Bjão amiga

    ResponderExcluir
  11. Oieeee Sol, ah querida eu não sei pq e não entendi direito que foto nãoaprece, nos comentarios ??? Acho que deva ser algo na configuração quando fizeste o blog, ai não entendo muito. Estou as voltas com minhas costuras e atarefada , sem marido que tá viajando rsss, ai que saudades dele, ainda bem que já volta na sexta feira. Estou fazendo os enfeites da arvore d enatal, passei o dia de ontem recoratndo e hoje vou costurar. Se eu puder ajudar , essa do perfil eu nõa sei, lamento. bjs

    ResponderExcluir
  12. Tem um selinho pra vc la no meu cantinho

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Amiga é sempre um prazer vir te visitar,estou louca para postar algumas fotos das minhas plantinhas, para que veja.Lógico não tenho teu talento,ainda bem! Assim somos todos diferentes, e precisamops dos amigos para completar o que nos falta.

    Bjksss

    Liege

    ResponderExcluir
  14. Olá amiga, esta planta realmente cresceu!
    Seu blog é um encanto parabéns.
    Um grande abraço.
    Beijinhos...

    ResponderExcluir

ღ Obrigada pela visita. Seja sempre bem vindo. ღ Solღ

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...